Novo CPC Comentado juízo de admissibilidade dos recursos

Curso de extensão sobre o novo cpc

Em poucas palavras, como ficou a questão do juízo de admissibilidade após a Lei Federal nº 13.256/2016?

 

Com relação à apelação, não houve alteração, pela Lei Federal nº 13.256/2016, do art. 1.010, §3º, do Novo CPC, o que significa dizer que, interposto o referido recurso perante o juízo de primeiro grau e intimado o apelado para contrarrazoar em 15 (quinze) dias, os autos serão encaminhados para a segunda instância, independentemente de juízo de admissibilidade. Não existirá mais, portanto, a decisão do juízo a quo que recebe a apelação e declara se está sujeita ao duplo efeito (que continua sendo a regra) ou somente ao efeito devolutivo (art. 1.012, §1º). Isso ficará direta e unicamente a cargo do tribunal competente. Elimina-se o juízo de admissibilidade da apelação feito pelo primeiro grau e também uma decisão interlocutória, bem como, por via reflexa, um eventual recurso contra esse pronunciamento judicial.

 

Já no que concerne aos recursos excepcionais, a redação original do Novo Código de Processo Civil também previa que o juízo de admissibilidade fosse feito diretamente no STJ e STF (art. 1.030, parágrafo único), sem a participação dos tribunais locais. Entretanto, a Lei Federal nº 13.256/2016 alterou a redação do aludido dispositivo e retornou tudo ao que já estamos acostumados: o tribunal recorrido é quem exercerá o juízo de admissibilidade dos recursos extraordinários lato sensu, de acordo com a nova redação do art. 1.030, inc. V, do Novo CPC.

 

Continue acompanhando conosco essas e outras novidades trazidas pela Lei Federal nº 13.256/2016. Diante de inúmeros pedidos recebidos e da iminência da entrada em vigor do Novo Código de Processo Civil, a partir de hoje o curso completo de 60 horas-aula sobre o Novo CPC 2015 promovido pelo IDC está de cara nova!

 

Ao se inscrever, você receberá de imediato o seu login e senha para acesso ao módulo 01 do curso, inclusive ao material complementar, e dentro de apenas 07 (sete) dias será disponibilizado o curso completo (os 04 módulos), bem como todos os bônus oferecidos. Em 1º de março, todo o material complementar estará disponibilizado na plataforma do aluno e você terá os cadernos completos por escrito, além, é claro, dos melhores processualistas do país para te acompanhar nessa jornada que logo se inicia.

Texto escrito Por Rafael Alvim,

   Falta menos de um mês para a entrada em vigor do Novo CPC!

 

Não perca mais tempo!

 

CPC Comentado